Avatar

Conversational Interface – Robôs, conversas e interações

9 março 2016
No Comments
310 Views

Em 2013 a Wired publicou um artigo bem interessante sobre as interfaces de conversação

Na época estávamos lidando com as primeiras versões da Siri e a capacidade dos computadores de reconhecerem a linguagem “natural”. Nossos celulares passaram a reconhecer comandos como “Me lembre de ligar para minha mãe amanhã as 13horas”. O reconhecimento da linguagem natural nada mais é do que a capacidade de quebrar uma frase como essa em instruções.

O argumento principal a favor das tecnologias conversacionais era a diminuição da área útil das telas do desktop para o celular e a necessidade de novas formas de interação além da interface gráfica (GUI).

Ainda nos faltava uma inteligência artificial mais elaborada para chegarmos em verdadeiros assistentes pessoais, como a Siri já pretendia ser.

Mas ao que parece, 2016 pode ser declarado já como o ano dos bots (robôs).

Vivemos uma época de proliferação dos assistentes pessoais: Siri da Apple, Google Now da Google, Cortana da Microsoft, M do Facebook, Alexa do Amazon Echo, e o FIN apresentado neste artigo.

Muitos desses serviços misturam inteligência real e artificial.

Veja no próprio descritivo do Fin:

“Fin é um serviço premium disponível 24 horas por dia, alimentado por uma combinação de inteligência humana e artificial, que encontra respostas, envia mensagens e se lembra de tudo por você.
Você usa como a Siri, Echo ou Google Now… só que o Fin funciona mesmo”.

robots-001

Acontece que interfaces conversacionais não se limitam hoje, e certamente não se limitarão no futuro, a assistentes pessoais:

O Slack, plataforma de mensagens para equipes, já inclui bots programáveis, que podem ser criados para automatizar tarefas de seu time.

Rumores apontam que o Facebook já possui planos para liberar o desenvolvimento de bots para o Facebook Messenger.O WeChat e o Line, populares na China e no Japão, respectivamente, também já permitem interação com marcas.

Por que baixar um aplicativo inteiro para cada empresa ou cada uso específico?

Dentro destas plataformas, que o usuário já utiliza no dia-a-dia, é possível enviar uma mensagem para as contas oficiais, ou chat bots, e fazer compras com um sistema próprio de pagamento conectado à plataforma, pedir um taxi, pagar contas etc.

O Quartz, portal de notícias, lançou no início do mês passado (11/2) um aplicativo para iOS que reinventa a forma como consumimos notícias. Nele os textos são um pouco menos formais e as histórias vão de desenrolando como conversas.

robots-002

A tecnologia que viabiliza esse tipo de abordagem já está disponível e as empresas estão se dando conta das novas possibilidades que surgem desta nova forma de interação.

Estamos às vésperas de termos um HAL 9000, e o design de conversações é o futuro, mas não é algo que começa com uma página em branco.


Fonte: Medium.com



Nenhum Comentário


Deixe um comentário

ÚLTIMOS PROJETOS


SOBRE A GO2


Unindo o que há de melhor em Tecnologia e Interatividade, a Go2 é responsável por pensar e desenvolver novas maneiras de interação, novos meios em que possam ser expressadas as suas ideias e contadas suas historias.