Avatar

O FUTURO DE MARTY MCFLY É O NOSSO PRESENTE

21 outubro 2015
No Comments
996 Views

Em De Volta Para o Futuro II, Marty McFly e o Doc Emmet Brown viajaram de 1985 para o dia 21 de outubro de 2015, chegando ao nosso ano às 16h29 do horário local da cidade de Hill Valley, no estado da Califórnia, nos EUA. Lá, o jovem McFly encontrou um mundo com carros voadores, hoverboards, táxis pagos via impressão digital, hologramas, sapatos que amarram sozinho e jaquetas que se ajustam automaticamente ao seu corpo, além de se secarem quando estão molhadas.

E se pararmos para analisar o que disse nós já temos, o que ainda teremos e o que ainda não não teremos tão cedo?

HOVERBOARD

dvpof-001

Um skate sem rodas: pule em cima de uma prancha flutuante e ande por aí sem precisar se esforçar demais. Talvez seja a coisa mais legal vista no filme, e ainda é algo que estamos tentando fazer virar realidade. Não são poucos os projetos de hoverboard que temos por aí.

A Lexus está desenvolvendo um que é real, mas não tão simples quando parece, e enfrentou problemas como o fato de não flutuar o suficiente e ainda precisa de uma pista especial para ser usado. O mesmo acontece com o projeto Hendo 2, que agora tem a ajuda do skatista Tony Hawk para chegar ao hoverboard dos sonhos.

CARROS VOADORES

dvpof-002

Talvez seja melhor esquecer esse sonho. Os carros voadores são desejados há cerca de um século pela humanidade, mas parecem cada vez mais distantes. Existem projetos por aí, mas nenhum parece estar próximo de se tornar realidade – a Terrafugia Transition, por exemplo, tem autorização para testar esses veículos desde 2011, e mesmo assim promete sempre que eles serão lançados “daqui a dois anos”.

A verdade é que provavelmente não precisaremos dos carros voadores. Em vez de colocar seres humanos em uma máquina ainda mais perigosa do que carros normais, o que estamos tentando fazer agora é tirar das pessoas o controle do carro com os diversos projetos de carros autônomos.

PEPSI PERFECT

Marty tem uma tarefa quando chega a 2015: ir até a lanchonete temática dos anos 80 e pedir uma Pepsi. Ele pediu e recebeu a Pepsi Perfect, que tem uma garrafa diferente da que estávamos acostumados a ver em 1985.

A Pepsi Perfect será lançada em versão limitada e terá como única diferença a garrafa, que será parecida com a do filme. O líquido será o mesmo. Ah, claro, o preço não é o mesmo, e cada uma das garrafas será vendida por US$ 20,15.

CALÇADOS QUE SE AMARRAM SOZINHOS

dvpof-003

A Nike anunciou o Air Mag, o tênis de De Volta Para o Futuro II, em 2011. Mas ele não se amarrava sozinho, e essa era a melhor parte do tênis usado por Marty. No entanto, o sonho não acabou.

No ano passado, a Nike voltou a prometer os calçados com o power lace, o cadarço que se amarra sozinho. Ela voltou a falar sobre o tênis no começo de 2015, prometendo que eles chegariam às lojas até o fim do ano. E até agora, nada.

TÁXIS E PAGAMENTOS COM DIGITAIS

dvpof-004

No filme, Biff Tannen pagou um táxi usando apenas o seu dedo, com um leitor de digitais. E não é que temos isso atualmente? Pelo menos nos EUA, onde o Apple Pay funciona: usando apenas o dedo e o leitor de digitais do iPhone, é possível pagar serviços como Uber, Lyft e alguns táxis que usam aplicativos.

Não temos isso exatamente no Brasil, mas é possível nem tirar a carteira do bolso para pagar táxi em alguns desses serviços que aceitam pagamento pelo próprio aplicativo. É um cenário que devemos ver com mais frequência daqui para a frente.

E OUTRAS TECNOLOGIAS

Algumas tecnologias que estão ganhando força apareceram sem muito destaque no filme. Claro que, hoje, elas funcionam de maneira diferente, mas o conceito é o mesmo encontrado no filme.

Marty Jr usa por alguns momentos um headset que pode tanto ser algo como o Google Glass quando um dispositivo de realidade virtual como o Oculus Rift. A casa dos McFly é toda automatizada: um leitor de digitais fica no lugar da maçaneta da porta, é possível fazer videochamadas pela TV e até pagar coisas com cartão de crédito.

São coisas que podemos fazer hoje em dia; não estão tão presentes na vida das pessoas em 2015 como dava a entender o filme, mas, ainda assim, existem. Por outro lado, a casa dos McFly tem aparelhos de fax espalhados por todos os cantos – isso, definitivamente, ficou no passado.


Fonte: The Next Web



Nenhum Comentário


Deixe um comentário

ÚLTIMOS PROJETOS


SOBRE A GO2


Unindo o que há de melhor em Tecnologia e Interatividade, a Go2 é responsável por pensar e desenvolver novas maneiras de interação, novos meios em que possam ser expressadas as suas ideias e contadas suas historias.